quinta-feira, 1 de julho de 2010

Entre a amputação e o salvamento!

As anilhas podem dar problemas em vários casos, por exemplo: erro no diâmetro da anilha a quando da anilhagem da ave jovem, inflamação das escamas pernas e dedos, picada de mosquito e fracturas de dedos e unhas, motivos que podem levar a amputação dos membros inferiores.

Este é um canário Gloster da minha amiga Sónia, telefonou a pedir ajuda.

Podemos ver que à algo de anormal com a perna e pata deste canário, segundo ela, a ave estava a maior parte do tempo sem se mover no mesmo poleiro e andava com a pata encolhida a maior parte do tempo.

Aqui está um caso típico de escamas secas e posterior inflamação, como se pode ver nas fotografias, poderia evitar esta situação da seguinte forma, proporcionar-lhe banho com umas gotas de Bettadine na água do banho, utilizar óleo ou pomada com base de gordura.


Como se pode ver, há uma grande diferença entre as duas partes da pata ( perna e "pé") a ave deve estar já com dores, "furmigeiros"nos dedos, com este nível de inchaço deveria andar com a pata encolhida, evitando choques com o poleiro e outras partes da gaiola, passava muito do seu tempo a picar a anilha que deveria incomodar muito.

~

A primeira coisa que se deve fazer, levar a ave a um veterinário o mais rápido possível, será o local ideal para que seja feita a remoção da anilha e sejam feitos os tratamento indicado, a maior parte das pessoas não o fazem porque o valor que vão pagar pela consulta, tratamentos em muito casos ficam 2 ou 3 vezes o valor da aves, claro que que gosta dos animais não se importa de pagar, fique o bichinho curado.

A utilizão de um alicate próprio de corte de anilhas pode ajudar mas, nem todos os criadores o têm, último recurso, um corta unhas dos grandes (adequados a quase todas as medidas de anilhas) pode ajudar; muita atenção à força que fazemos, a perna do canários tem ossos muitos finos, deve pedir ajuda a outra pessoa.

Se não souber como se faz, não invente, procure alguém que tenha conhecimento e experiência, não coloque a vida da aves em risco por mera curiosidade.

Depois da anilha cortada e a pressão aliviada, podemos fazer duas coisas, deixar a anilha ligeiramente aberta na perna e locar um pouco de pomada, esta vai amolecer as escamas que depois voltam ao normal e facilita a remoção da anilha, depois de alguns banhos poderemos até sair por si ou então a sua remoção será mais fácil.


Nos casos em que a anilha já esta “enterrada” com a carne (por causa do inchaço) devemos retirar a anilha mesmo que para isso haja algum sangue e risco, MUITO IMPORTANTE no retirar a anilha, o alumínio fica com pontas muito cortantes (como laminas), atenção para não se cortar a veia que fica exposta, o seu corte provocaria danos irrecuperáveis, podendo mesmo levar à morte da ave por falta de sangue, pois essa é a veia principal que leva todo o sangue à pata e aos dedos.



Depois da anilha removida.

A ave esta deve ficar numa gaiola sem grades no fundo, sem areia ou outro tipo de absorvente, basta uma folha de jornal, deve ficar só e com um poleiro, a comida deve estar num comedouro aberto no chão mas , mantenha os comedouros normais , isto é valido também para a águas.



A ave passar por um trauma violento e muito stress, aconselho a colocar algumas gotas de vinagre de “Sidra” na água de beber nos três primeiro dias depois, deve dar um multi-vitamínico para ajudar a recuperar a ave, a pata deve ser vigiada e se for possível lime e desinfecte a ferida, colocar uma pomada com sulfamidas para ajudar a cicatrização da mesma. Vai levar mais de um mês para a aves se recupere.





Por sorte, este veio ainda a tempo para se fazer alguma coisa.

Sinais a ter em atenção, nas patas das nossas aves: dificuldade em apoiar a pata no poleiro, mentem muitas vezes a perna inchada e em cima (encolhida), tenta não apoiar a pé no chão ou poleiros, devemos também ter em atenção aos inchaços, sua coloração; um tom mais rosado normalmente pode evidências problemas, nos casos mais agudos o pé e dedos ficam com uma coloração cor de "vinho", o que representa défice de circulação/irrigação do membro afectado, nos casos MUITO graves, perda abundante de sangue devido a traumático ou factura, as que não morrem, ficam por norma com a pata seca, esta acaba por partir e cair, a ave fica cota, isto pode acontecer sem que o criador veja, em poucos dias adapta-se e pode viver muitos anos assim, se for a fêmea, pode até criar quase normalmente, se for macho é quase impossível criar mas, fica um óptimo canários de canto!

Aqui está um caso pouco vulgar mas, escamas inflamadas e com muito secas, o que provocou um inchaço da pata da aves e todo o que descrevi anteriormente. Nos casos de serem bons reprodutores, devemos sempre tentar salvar a pata da aves.

Atenção, algumas fotos não devem ser vistas por pessoas mais sensíveis.

9 comentários:

Marcelo disse...

Ola, excelente post, gostaria de saber qual a marca da pomada de sulfa que você usa, grato.

Emerson disse...

Caro Oswaldo, li seu artigo e achei muito esclarecedor os procedimentos a ser adotado quando um canário apresenta problemas com anilhas. Eu tenho apenas 3 canários e há 2 semanas um dos meus pássaros teve o pé inflamado na altura da anilha. Tentei achar um criador para cortar a anilha com alicate especial, mas nao deu tempo. O pé ficou preto e secou. Tratei o animal com antiflamatório e pomada. Pelo que vi no seu texto o pé vai secar e cair e o passaro vai acostumar com esta deficiência, correto? Abraço e parabéns pelo artigo. emerson@plenos.com.br

Emerson disse...

Caro Oswaldo, li seu artigo e achei muito esclarecedor os procedimentos a ser adotado quando um canário apresenta problemas com anilhas. Eu tenho apenas 3 canários e há 2 semanas um dos meus pássaros teve o pé inflamado na altura da anilha. Tentei achar um criador para cortar a anilha com alicate especial, mas nao deu tempo. O pé ficou preto e secou. Tratei o animal com antiflamatório e pomada. Pelo que vi no seu texto o pé vai secar e cair e o passaro vai acostumar com esta deficiência, correto? Abraço e parabéns pelo artigo. emerson@plenos.com.br

Lindomar Freitas disse...

Olá, meu nome é lindomar, eu tenho uma calopsita que ficou esposta ao frio em uma madrugada, quando vi ela estava dura congelada e corri com ela para o fogo, consegui salvá-la, mas uma coisa me preocupa e não encontrei nada do tipo pela Internet, os pés da ave ficaram rochos e unhas já está caindo por falta de circulação do sangue. Por favor alguem pode me dizer o que faser?

Lindomar Freitas disse...

Olá, meu nome é lindomar, eu tenho uma calopsita que ficou esposta ao frio em uma madrugada, quando vi ela estava dura congelada e corri com ela para o fogo, consegui salvá-la, mas uma coisa me preocupa e não encontrei nada do tipo pela Internet, os pés da ave ficaram rochos e unhas já está caindo por falta de circulação do sangue. Por favor alguem pode me dizer o que faser?

Lindomar Freitas disse...

Olá, meu nome é lindomar, eu tenho uma calopsita que ficou esposta ao frio em uma madrugada, quando vi ela estava dura congelada e corri com ela para o fogo, consegui salvá-la, mas uma coisa me preocupa e não encontrei nada do tipo pela Internet, os pés da ave ficaram rochos e unhas já está caindo por falta de circulação do sangue. Por favor alguem pode me dizer o que faser?

heribeerto fernandes disse...

Boa tarde!
Eu tenho uma calopisita e 1 dedinho está enchado. Tinha uns Cabelo eu tirei o que devo fazer. Agora está bem enchado estou comedo de tenque amputar

michelecristinamonari disse...

Olá, o pé caiu sozinho daí ??

Birdsblog disse...

Quando o pé/unha fica escuro , negro é sinal que secou, por falta de sangue. A ave vai perder o membro afectado , mas não morre por isso. Nessa altura deve dar vitamina B para ajudar a ave a se recompor, deitar comida no chão e bebida no chão que o bichinho pode nao ser capaz de subir por causa das dores . Evitar todo e qualquer stres.
Quando fica com fica com necrose e inflamado , limpar todos os dias com Betadine, ou outro para limpar frida e meter pomada com antibiotico e sicatrizabnte. Muitas vezes as nossas pomadas sao boas ;) em caso graves leva o bichino no veterinario logo nos primeiros dias , se não ele deixa de comer e o resltado não é bom :(. Desculpa a demora.