terça-feira, 2 de abril de 2013

Bullfinch - Don fafe pré rampa para a criação ...

A manutenção e criação do Don Fafe (Bullfinch) comum (há um outro o "PRIOLO" dos Açores) requer alguns conhecimentos, estudo e teimosia, dedicação e muitas horas de observação para se ver o seu comportamento, hábitos alimentares, eu tenha tentado à minha maneira fazer esse caminho, reconheço que todos os anos aprendo mais um pouco, tenho a ajuda de alguns criadores de fauna europeia que me vão dando algumas dicas para poder melhorar a cada ano com vista a criação em cativeiro das mais belas aves silvestres que conheço.
Aqui fica um pequeno resumo das coisa que descobri que estas aves gostam








O facto de ter estado no MUNDIAL C.O.M. 2013 em Hasselt na Bélgica, veio dar um entusiasmo maior, pois estavam ali presente aves magnificas de quase todas as mutações imaginários. O Don Fafe, é sem duvidas nenhumas um ave LINDA , meiga, que ao contrario do que muitos pensam canta,para mim são magníficos. No Mundial, por más condições de iluminação fui obrigado a virar a minha atenção para outras coisas, livros e revistas sobre aves e foi já em casa (Portugal) ao ver as coisas que tinha trazido que reparei num artigo de um dos maiores criadores do mundo de Bullfinche/Don Fafes siberianos, esse artigo estava escrito em francês , o amigo Manuel Marinho fez o favor de traduzir  e partilhar, pois já tínhamos falado varias vezes da minha paixão por estas ave.
Foi depois ao ler que reparei em alguns erro que cometia nomeadamente: na alimentação, na preparação das aves , talvez por isso não tenha tido o sucesso desejado.
Acabei por trazer da Bélgica alguns tipo de bagas que não são muito comum nas nossas lojas de animais, mas curiosamente em Portugal são relativamente fáceis de encontrar , a "Piracanta" é uma delas , há nas sebes dos hospitais, nos separadores da autoestrada etc.
Logo aqui demonstra o quanto ainda temos que andar para ter sucesso também aqui , temos que evoluir e na minha modesta opinião é a partilha que faz andar as coisas ...

 Mistura para canários

 Papa para criação húmida com mel
Papa para criação de aves indígenas - King Patrick Seed 
 Sementes próprias para aves indígenas -"Manitoba"
Sementes Para silvestres especial Don fafes - da Blattner prestige - profissional
 Mistura para exóticos 
 Girassol micro
saiba mais em: lhttp://bloggerbirds.blogspot.pt/2010/03/alimentacao-fauna-europeia-complemento.html
Esta é uma espécie de erva  que se encontra com muita facilidade nos jardins , passeio canteiros etc

Piracanta . há em vermelho ,laranja e amarelo
Espinheiro - Crataegus oxyacantha
Espinheiro e Piracanta amarela
 Azevinhos - bagas de azevinho, nem todos gostam!


Continua ...

9 comentários:

oleber santos disse...

Olá Amigo, interessante este teu trabalho relacionado com os Dom Fafe. Encomendei alimentação da Versele laga Blattner Dom Fafe, porque me disseram para esquecer tudo o resto de alpistas e afins. Também costumo dar girassol entre outros tipos de plantas como o dente de leão. Existem nas lojas na zona dos produtos diateticos embalagens de sementes que lhes dou, linhaça, sesamo, chia, etc, devoram todas as sementes. Piracanta, por ignorancia minha até pensei que fosse venenoso. Dou tambem Foniopaddy e por vezes umas gotas na água de complexo vitaminico B, deixei de dar produtos quimicos. Tambem lhes proporciono fruta e proteina animal Tenébrio e Bufalo.

Birdsblog disse...

Olá Amigo Oleber Santos!
Muito boa noite e obrigado pelo seu comentários, estou para colocar mais algumas fotos sobre bagas que se encontram com alguma facilidade, para as pessoas poderem ver melhor, e todas as bagas que coloco neste poste posso comprovar com video que eles comem,quanto aos químicos, este produto foi recomendado por um dos maiores criadores do mundo deste tipo de aves, porque a idade mais complicada par o juvenis é o desma-me, quanto a semente da "Blattner" nada a dizer do melhor, tambem tenho so que não tirei a foto , mas ainda bem que falou no caso que assim se pode ver também as diferenças, eu coloquei a da "Manitoba" porque comprei no Nacional ,mas já vi que nem todas as lojas têm, quanto ao bichos, os "Tenébrios molitor , como os "Buffalo" como outros, nem todos os Don Fafes comem, nessa altura se poder deve dar papa de insectos.Obrigado pela ajuda e partilha.
Volte sempre. Um abraço

oleber santos disse...

Será, até medronhos!?
http://www.youtube.com/watch?v=835yqb0KVQU
Se falarmos de aves não criadas em cativeiro, podemos verificar uma situação interessante...
Tenho um colega que tem dois casais em gaiolas separadas, um come sementes germinadas, o outro casal não lhe toca. Bagas vermelhas, ambos os casais não lhe tocam. Tem concerteza a ver com o local de origem das aves e alimentação disponivel na zona de nidificação. Por isso acho ser importante haver uma larga variedade de alimentação disponivel em cativeiro. Corremos o risco de ver as aves morrerem e o comedouro estar cheio de alpista. Os meus tb comem trigo, broculos tb adoram, em termos de fruta a que mais apreciam é pera. Alface não dou. Milho painço não comem muito. Tenho a noção que se podessem viviam apenas de girassol. No entanto, vou cortando na quantidade do girassol para os obrigar a comer outras sementes. Papa amarela com mel, apenas a cheiram. Papa vermelha comem bastante bem. Como tenho rouxinóis do japão, experimentei dar a papa Orlux uni patee, os Dom Fafe até a comem bastante bem. Penso que havendo bastante variedade de comida só faz as aves ficarem mais felizes e se não comerem à primeira, por vezes é apenas uma questão de insistência da nossa parte. Por ex em relação ao Foniopaddy, no inicio nem chegavam perto, agora comem tudo o que coloco. Deito cerca de meio cm num comedouro por semana. Não conhecia esta ave e fiquei fascinado quando a vi, em relação ao canto esperava algo mais elaborado, mas compensa pela beleza. Mais alguma coisa e terei todo o gosto em contar, pois tb aprendi com o que outros contaram.

Carduelis zivic disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carduelis zivic disse...

Boa noite

Poderá encontrar misturas e papa de excelente qualidade para fauna europeia em Carduelis Pro.
Distribuidas no norte pelo próprio importador e na zona centro na loja QUINTAVES em Aveiro.
Quanto à administraçao das bagas aos Dom Fafes e outras aves,recomendo que o façam em quantidades moderadas,devido ao valor calórico das mesmas e nunca as confundirem com algumas bastante nocivas que também existem..
As mesmas sao dadas às aves nos paises do norte da europa devido às baixas temperaturas que por vezes aí se fazem sentir , fornecendo assim, bastantes calorias para que possam aguentar os invernos rigorosos.
A planta dente de leao é excelente para fornecer a todas as aves ,principalmente durante a época reprodutiva.

vitoras21 disse...

Olá... sou do Brasil Rio de janeiro estou interessado em criar essa ave o senhor conhece algum criador que possa me fornecer algumas matrizes?
abç

vitoras21 disse...

Olá... sou do Brasil Rio de janeiro estou interessado em criar essa ave o senhor conhece algum criador que possa me fornecer algumas matrizes?
abç

Birdsblog disse...

Olá muito boa noite!
Caro Oleber, muito obrigado por ajudar com o seu comentário, é sempre bom ajudar e ser ajudado, porque no fim quem ganha , são as aves . estou a tentar fazer uma pequenina agenda com criadores a nível nacional de Don fafes siberianos e normais, para podermos trocar informações e até quem sabe sangue, se alguém estiver na mesma onda , por favor mande seu contacto para "sereno.osvaldo@gmail.com".Sei de alguns criadores a Nível nacional que se dedicam a esta espécie, pertença a AOC - Coimbra que esta a tentar organizar um Colóquio sobre vários tipos de aves onde a fauna europeia vai estar presente (Setembro). Depois colocarei informação.

Birdsblog disse...

Boanoite!
Sr. Vitorias, obrigado por participar no blog, penso que será muito difícil neste momento a importação de fauna europeia para o Brasil, atenção estou a falar da espécie natural, porque há outra classe de Don fafes (Bullfinch) siberiano, este muito mairo que o normal
, onde os Belgas e Holandeses têm muitos bons criadores, talvez seja mais (fácil) a importação destes , por já haver varias mutações ... o problema penso que será o custo da importação destas aves pois o seu preço no mercado ser ainda elevado (boas mutações)e os normais com toda a papelada oficial (CITES) registo de criador ICNB, faz com que o seu preço depois seja muito alto, mas se fala aqui, tudo depende do bolso de cada um! Muito obrigado. Um abraço